Notícias

Placas feitas de material orgânico, maleáveis, leves e delgadas, podem finalmente popularizar uma fonte de energua ainda muito cara, mas destinada a substituir a era dos combustíveis fósseis.

A represa de uma hidrelétrica do grupo Votorantim vai se tornar parte de uma experiência energética ainda pouco conhecida. Painéis de energia solar serão lançados como boias sobre a lâmina d’água e conectados à usina. A Votorantim espera, assim, aumentar sua capacidade de geração eletricidade sem nenhuma grande mudança estrutural da hidrelétrica.

A indústria fotovoltaica deve deslanchar no Brasil até 2016. O motivo é o leilão A-3 realizado em outubro do ano passado, que surpreendeu e comercializou 1.048 megawatts de capacidade instalada e 202,1 MW médios de energia solar para serem entregues em 2017.

Página 9 de 9