Sunew participa de Audiência Pública na Comissão de Meio Ambiente do Senado10/06/2019Objetivo é debater como negócios sustentáveis se tornaram lucrativos e competitivos no Brasil
Objetivo é debater como negócios sustentáveis se tornaram lucrativos e competitivos no Brasil

A Sunew, empresa brasileira líder global na fabricação de Filmes Fotovoltaicos Orgânicos (OPV – do inglês Organic Photovoltaic), participará de audiência pública da Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal para debater o tema “Lucros verdes: como empresas brasileiras se tornaram prósperas e competitivas preservando o meio ambiente”. A audiência faz parte da programação Junho Verde do Senado e acontecerá próxima terça-feira, dia 11 de junho, às 10h.

Tiago Alves, CEO da Sunew, mostrará como a tecnologia do OPV contribuirá para a transição energética no Brasil e no mundo, assim como para o combate ao aquecimento global. Com baixa pegada de carbono em todos os processos da cadeia produtiva, cada metro quadrado de OPV deixa de emitir 120kg de CO2 por ano. A inovação já está revolucionando os mais diversos mercados com geração de energia limpa em edificações, mobiliários urbanos, veículos elétricos e híbridos, smartcities, e outros nichos de mercado que não querem ficar fora dessa transição.

“O OPV é uma inovação que impulsiona a tendência mundial de Green Buildings, conceito que busca neutralizar a pegada de carbono nos centros urbanos. É um mercado em expansão em todo mundo e temos orgulho de liderar globalmente em volume de instalações de OPV por meio de uma cadeia produtiva totalmente sustentável”, diz Tiago Alves.

Sobre o OPV

O OPV é um filme fino, leve, flexível e resistente, produzido com materiais não tóxicos e recicláveis, com tecnologia própria da Sunew. O material produz energia limpa e aumenta a eficiência energética de ambientes. Entre os diferenciais do OPV, a versatilidade é o principal. É possível aplicar o material em qualquer área: fachadas de prédios, janelas, veículos, pontos de ônibus e outros mobiliários urbanos. O material é customizável em tamanho, forma e cor, portanto possibilita geração de energia limpa sem comprometer o design das edificações ou produtos.

O OPV também é capaz de reter quase a totalidade de raios ultravioletas e infravermelhos. Graças a isso, o material proporciona nos ambientes maior conforto térmico, economia no sistema de refrigeração e controle de luminosidade.

Sobre a Sunew

A Sunew foi criada pelo CSEM Brasil, centro de pesquisa e inovação localizado em Belo Horizonte. Por meio de uma cadeia produtiva totalmente sustentável, o OPV se coloca como a alternativa mais limpa para produção de energia solar.

“Todo o investimento em pesquisa e desenvolvimento que fizemos foi para chegar a um produto transformador, capaz de gerar energia limpa em qualquer lugar. Essa é o nosso propósito, foi para isso

que trabalhamos ao longo de 10 anos. Hoje temos uma tecnologia pronta capaz de resolver boa parte do desafio energético do planeta”, diz Tiago Alves, CEO da Sunew.

Audiência Pública Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal

Lucros verdes: como empresas brasileiras se tornaram prósperas e competitivas preservando o meio ambiente”

Participação: Sunew, Natura, Native (maior produtora mundial de açúcar orgânico) e Fazenda Santa Brígida-GO (Integração Lavoura, Pecuária e Floresta).

Data: 11/6 (terça-feira)

Horário: 10h

Local: Anexo II do Senado Federal

Assista on-line aqui!


Categorias:

Tags:

    Veja Também: